site_testeira.jpg

PROJETO ELÁS.BRUXAS




por Luis Felipe Coimbra Costa, Fernanda Victorello & Rodrigo Romera



Arte + Ciência + História

As obras permitem visualização em três dimensões (exceto as obras retratado Frida Kahlo que utilizam Realidade Aumentada via QRcode como recurso), coloque os óculos e boa apreciação :D

ELÁs procura demonstrar, através das linguagens artísticas e sociais, os protagonismos exercidos por importantes figuras femininas a partir e através de suas historicidades e de acordo com seus feitos e atitudes em vida. Dessa maneira e sempre buscando o diálogo com as ciências exatas e sociais, ELÁs elegeu mulheres que contribuíram com suas relevâncias nas áreas científica, artística e política. 

 

POSTERS

Recursos 3D e Realidade Aumentada

 
 

.RELEASE.

O projeto “ELÁs BRUXAs” vem ao encontro do evento “ICT day”(saiba mais sobre o evento aqui), promovido pelo Instituto Superior Técnico, campus Taguspark, da Universidade de Lisboa. Desde as primeiras conversas acerca da inserção das artes dentro do universo das ciências exatas, a coisa fluiu com muita sinergia e harmonia, algo por muitos impensável, por tratar-se de campos tão “distantes” como as Artes e as Ciências Exatas. O projeto vislumbra contemplar e abrilhantar o evento de modo que não se perceba claramente onde termina um e começa a outra atividade, para tanto, maneiras de harmonizar e construir esses diálogos entre as áreas, foram cuidadosamente desenvolvidos.

ELÁs procura demonstrar, através das linguagens artísticas e sociais, os protagonismos exercidos por importantes figuras femininas a partir e através de suas historicidades e de acordo com seus feitos e atitudes em vida. Dessa maneira e sempre buscando o diálogo com as ciências exatas e sociais, ELÁs elegeu mulheres que contribuíram com suas relevâncias nas áreas científica, artística e política. 

Aqui, faz-se necessário um esclarecimento: a escolha do nome do projeto. Obviamente ELÁs refere-se ao pronome feminino de uso comum por pessoas que se reconhecem sob a égide daquilo que se denomina “feminino”, todavia os artistas idealizadores criaram uma espécie de poesia concreta que revela os conceitos intrínsecos ao projeto. Primeiramente há uma brincadeira sobretudo com a letra “A” do nome, que não por acaso leva um acento agudo, inserindo no meio do pronome feminino a palavra “Ás”, que além de integrar as cartas do baralho ou uma pedra do dominó com um lado único, também nomeia aquela pessoa que possui habilidades além da média, ou seja, uma pessoa única e, sua plenitude. Assim são essas mulheres que aqui se revelam. A palavra “Bruxas”  foi colocada no contexto por tratar-se de um estigma devotado àquelas mulheres do medievo que, por alguma razão ou conhecimento, fugiam dos dogmas eclesiásticos do catolicismo da época, estigma que adentrou à Idade Moderna e que vitimizou em fogueiras e cadafalsos milhões de mulheres mundo afora durante séculos. Às bruxas contemporâneas não mais são guardadas fogueiras ou cadafalsos, todavia o machismo as vitimiza física e psicologicamente por uma sociedade que ainda as elege como bruxas. Nosso pequeno poema concreto resultou da seguinte maneira:

Bravas (porque lutadoras)

Utópicas (porque sonhadoras)

XAmânicaS (pela inteligência transformadora)

texto por Rodrigo Romera

 

.SOBRE ELAS.

 

CELESTE CAEIRO

Revolução dos Cravos - 1974 - PORTUGAL

Figura simbílica do período revolucionário, sua memória está gravada nas mentes e nos corações portugueses devido sua ação poética de levar cravos às armas dos soldados simbolizando a paz e o fim do fascismo em Portugal, um ato pacífico que se sobrepôs ao conflito.

​Celeste Martins Caeiro (Socorro, Lisboa2 de Maio de 1933)[1] foi a mulher que, no dia 25 de Abril de 1974, distribuiu cravos aos militares que levavam a cargo um golpe de estado para derrubar o regime liderado por Marcelo Caetano. Por este motivo, a revolução ficado conhecida pela Revolução dos Cravos.[2]

celeste_caeiro.jpg
 

ADA LOVELACE

Tecnologia - REINO UNIDO

Augusta Ada Byron King, Condessa de Lovelace, atualmente conhecida como Ada Lovelace, foi uma matemática e escritora inglesa. Hoje é reconhecida principalmente por ter escrito o primeiro algoritmo para ser processado por uma máquina, a máquina analítica de Charles Babbage.

Nascimento: 10 de dezembro de 1815, Londres, Reino Unido

Falecimento: 27 de novembro de 1852, Marylebone, Londres, Reino Unido

ada_algor.jpg
 

MARIE CURIE

Ciência - FRANÇA

Marie Skłodowska-Curie, nascida Maria Salomea Skłodowska, foi uma física e química polonesa naturalizada francesa, que conduziu pesquisas pioneiras sobre radioatividade.

Screen Shot 2022-03-21 at 19.50.32.png
 

MULHERES NA NASA

Katherine Johnson, Dorothy Vaughn, Mary Jackson - Ciência - EUA

No auge da corrida espacial travada entre Estados Unidos e Rússia durante a Guerra Fria, uma equipe de cientistas da NASA, formada exclusivamente por mulheres afro-americanas, provou ser o elemento crucial que faltava na equação para a vitória dos Estados Unidos, liderando uma das maiores operações tecnológicas registradas na história americana e se tornando verdadeiras heroínas da nação.

Screen Shot 2022-04-01 at 17.50.40.png
 

CARMEN AMAYA

Canto e Dança Flamenco - ESPANHA

Carmen Amaya foi uma dançarina e cantora de flamenco. Nasceu no desaparecido bairro de Somorrostro em Barcelona, de família cigana e filha de guitarrista flamenco. Estreou no flamenco com apenas seis anos, acompanhando seu pai em recintos públicos de Barcelona. Wikipédia

carmenamaya.png
 

FRIDA KAHLO

"A filha da Revolução" - Arte - MÉXICO

Frida foi uma grande artista mexicana, esposa de um outro grande artista do mesmo país: Diego Rivera. Frida inovou com sua arte intimista, sendo classificada pelos europeus como “surrealista”, ao que negou com veemência, acreditando que tratava-se de uma tentativa de cooptação de si pelos dogmas artísticos europeus. No campo social a artista sempre enfrentou atribuições tidas como “naturais” ao papel social que é dado à mulher.

Screen Shot 2022-04-01 at 09.14.23.png
 
 

LUIS FELIPE COIMBRA E COSTA

Pesquisador Doutorando Coope/UFRJ - Laboratório do Futuro - Laboratório Ludes


Doutorando em Engenharia de Sistemas e Computação pela COPPE/UFRJ, coordenador da linha de pesquisa Governo do Laboratório do Futuro, membro do Laboratório Ludes e pesquisador visitante do Laboratório de Jogos e do departamento de matemática, do Instituto Superior Técnico – IST, Lisboa, Portugal. Atualmente, trabalha com pesquisas em sala de aula invertida, autorregulação da aprendizagem, gamificação, jogos, assuntos relacionados com o aprendizado em STEM e igualdade de gênero. Ao longo de sua carreira tem ajudado e colaborado com diferentes projetos e iniciativas relacionadas com o Software Livre, foi Coordenador de Inovações Tecnológicas e Diretor de Governança e Sistemas de Informação da Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Governo Brasileiro.

linkedin>>>

Screen Shot 2022-04-01 at 09.27_edited.jpg
 

FERNANDA VICTORELLO

Artista visual, expôs no Brasil, EUA e na Europa, em eventos como Monsters of Rock, Expo Music e ComicConCCXP, participou e recebeu prêmios em salões de arte nacionais e internacionais. Atua como designer gráfico e ilustradora nos mercados de comunicação, moda e música. Graduada em Desenho Industrial pelo Centro Universitário Belas Artes, concluiu a Especialização Design UI/UX - California Institute of the Arts. Graduou-se na Academia Brasileira de Arte em Desenho Artístico, Ilustração Publicitária e Design Gráfico. Em 2002 iniciou sua carreira em agências de comunicação; posteriormente ingressou no mercado de moda desenvolvendo estampas e material gráfico para diversas marcas como Alexandre Herchcovitch, Cavalera, MCD e Hering entre outras. No mercado musical desenvolveu projetos para bandas como Sepultura, Paul Pesco (Madonna e C&C Music Factory), Claustrofobia, Viper e como finalista premiada no concurso promovido pela Mainstream Concerts para a banda Megadeth entre outros projetos. No âmbito Acadêmico, realiza palestras e oficinas a convite de escolas e Universidades (Academia do Design - Brasil, Univille - Brasil e Mohawk College - Canada)

instagram>>

Screen Shot 2022-04-01 at 09.49.02.png
 

RODRIGO ROMERA

Artista plástico e historiador, tendo concluído também a faculdade de turismo, é docente nas áreas de artes, filosofia, sociologia e história, tendo cursado mestrado pela UNIFESP. É músico desde a adolescência, quando as artes visuais entraram em sua vida, tendo cursado ensino técnico em Publicidade e Artes Plásticas na ABRA. Atualmente atua na produção e curadoria do Coletivo 284 em Lisboa, onde participa simultaneamente como artista da exposição “Imperfeita”, uma homenagem à mulher e à Frida Kahlo. Teve suas obras expostas no salão de Alphaville, no Mercure Hotel de Pinheiros, na Expo Arte SP, na Casa Expo, 1ª Coletiva do Clube de Artistas, Affresco Galeria, Festival Mostra tua Arte, entre outros.

instagram>>

Screen Shot 2022-04-01 at 09.49.54.png
 

SÓNIA GARRIDO

Licenciada em Gestão de Marketing, desempenha funções no Núcleo de Comunicação, Eventos e Parcerias do Instituto Superior Técnico.
Faz parte da equipa responsável pela organização e dinamização de atividades para alunos de ensino básico e secundário no âmbito dos projetos ROB9-16, Engenharia para Todos e GirlStem@IST-Taguspar.
Faz também parte da equipa responsável pela organização de eventos do Campus e pela colaboração com as escolas básicas e secundárias.

Screen Shot 2022-04-04 at 15.59.16.png
 

.SOBRE O EVENTO.

Todos os anos, na quarta quinta-feira de abril, comemora-se o Dia Internacional das Raparigas nas TIC.

Esta iniciativa da International Telecommunication Union (ITU) é um esforço global para aumentar a consciencialização sobre o empoderamento e encorajamento de raparigas e mulheres jovens a considerar estudos e carreiras em TIC.


O IST-Taguspark junta-se a esta iniciativa com a apresentação do projeto GirlStem@IST-Taguspark que irá desenvolver um conjunto de atividades durante o ano para estimular a participação de raparigas nestas áreas.


9h00

Estratégia para Raparigas nas Áreas de STEM 

Girlstem@IST-Taguspark 

Helena Galhardas - Instituto Superior Técnico

Jornada da Heroína Aprendiz

Ana Moura Santos- Instituto Superior Técnico

Como atrair Raparigas para a Ciência

Joana Lobo Antunes - Instituto Superior Técnico 

14h00

O mundo mágico da tecnologia não possui atalhos  

César Brod - Linux Professional Institute (LPI)

15h00

Workshop do Linux Professional Institute

para alunos do IST

9h45-16h45

Atividades  para as escolas secundárias

14h45

Soldadura

Torre de esparguete

Robótica Social

Arte e Tecnologia

Exposição ElÁs durante o Evento